Contabilidade

Publicadas Taxas de Câmbio para Balanço de Dezembro/2013

Através do Ato Declaratório Executivo Cosit nº 2/2014, a Receita Federal divulgou as taxas de câmbio para Balanço, relativo a Dezembro/2013:

Código

Moeda

Cotação Compra R$

Cotação Venda R$

220

Dólar dos Estados Unidos

2,3420

2,3426

978

Euro

3,2252

3,2265

425

Franco Suíço

2,6282

2, 6304

470

Iene Japonês

0,02231

0,02233

540

Libra Esterlina

3,8711

3,8728

Manual do IRPJ lucro real atualizado e comentado. Contém Exemplos de Planejamento Tributário. Inclui exercícios práticos - Pode ser utilizado como um manual auto-didático, visando atualização profissional e treinamento na área de IRPJ LUCRO REAL. Clique aqui para mais informações. Manual do IRPJ Lucro Real Mais informações

 Comprar

Clique para baixar uma amostra!

Artigos

Balanço Patrimonial – Encerramento 2013

O Balanço Patrimonial é de levantamento obrigatório, a cada encerramento do exercício social.

A grande maioria das empresas e entidades coincide o encerramento do respectivo exercício social com o término do ano civil (31 de Dezembro).

Desta forma, recomenda-se atenção necessária, especialmente nos seguintes itens:

1. Inventário dos Estoques

2. Conciliações Bancárias

3. Clientes e Fornecedores

4. Empréstimos e Financiamentos Bancários

5. Passivos Tributários

6. Depreciações, Amortizações e Exaustões

7. Provisão de Férias e Contas a Pagar

Calcula-se também a provisão para o Imposto de Renda e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, de acordo com as normas tributárias vigentes, fazendo-se a respectiva contabilização.

Todos os saldos devem compor o balanço devem estar registrados sob o regime de competência, ou seja, dentro do período em que foram efetivados, independentemente da realização em caixa. Por exemplo, a conta de energia elétrica, devida pelo consumo em dezembro, que não esteja paga até o último dia do mês, deve ser contabilizada a crédito de uma conta passiva (contas a pagar).

Contabilizar, também, os juros ativos e passivos, segundo o período de dias até a data do fechamento do balanço. Por exemplo, uma aplicação financeira realizada em 15/dezembro, com resgate previsto em 15/janeiro do ano subsequente, deve ter apropriação proporcional dos juros no período de 16 a 31 de dezembro.

Veja mais detalhes no tópico BALANÇO PATRIMONIAL, no Guia Contábil Online, ou adquira a obra específica sobre Fechamento de Balanço de nossa editora:

Fechamento e Elaboração de Balanço na Prática - um Guia Passo-a-Passo - Tópicos Atualizados e Exemplificados! Abrange detalhes de encerramento de balanço, ativos, passivos, demonstração de resultado, com exemplos de lançamentos. Contém detalhes de tributação - Lucro Real, Presumido, Arbitrado e Simples! Clique aqui para mais informações.

Notícias e Enfoques

REFIS – Novidades

Os contabilistas e assessores fiscais e jurídicos das empresas, organizações e profissionais liberais são orientadores das informações aos seus clientes.

Destaque especial, nestes últimos dias, para a reabertura do prazo de parcelamento de débitos tributários federais, programa conhecido como “REFIS”, pela  Lei 12.865/2013.

Poderão ser pagos ou parcelados, com redução de encargos (multa e juros), os débitos tanto de pessoas jurídicas quanto de pessoas físicas, decorrentes das contribuições previdenciárias e tributos federais, vencidos até 30 de novembro de 2008, constituídos ou não, com exigibilidade suspensa ou não, inscritos ou não na Dívida Ativa da União, mesmo que em fase de execução fiscal já ajuizada.

O prazo final de adesão foi reaberto, até 31 de dezembro de 2013.

Veja maiores detalhes e notícias em:

Normatizada a Reabertura do Parcelamento de Débitos Tributários “REFIS”

REFIS – Códigos DARF

Contabilidade

Dia do Contador e Ano da Contabilidade…

Por Júlio César Zanluca – Contabilista e Coordenador do Portal de Contabilidade

Uma justa homenagem precisa ser apresentada a todos os contabilistas deste Brasil, não apenas pela passagem do dia do Contador (22/Setembro) quanto também pelo ano da Contabilidade (2013).

As homenagens passam, mas o trabalho árduo e as dificuldades da classe contábil continuam. Ora é a Receita Federal, impondo obrigações acessórias incrivelmente complexas, ora é o Executivo, legislando com Medidas Provisórias e alterando, de forma súbita, a forma de apuração de tributos.

Já tenho comentado, em outros artigos, sobre a grande responsabilidade dos contabilistas e o enorme descaso dos governos (Federal, Estaduais e Municipais) sobre nossas atividades. Sindicatos e Conselhos de Classe têm feito contatos e uma certa pressão na mídia e sobre os parlamentares para mudar este estado de coisas, mas realmente parece que isto não está surtindo efeito, e a percepção é que a tensão entre contabilistas e os órgãos governamentais continua subindo.

Há casos extremos que, extenuados pela falta de reconhecimento, alguns contabilistas desistiram da profissão e conformam-se em realizar atividades menos complexas, e até com menor remuneração, somente para evitar o estresse do “patrão governo”.

Penso que o melhor é continuarmos insistindo, denunciando, valorizando a classe contábil e pressionando congresso, órgãos fiscalizadores e a mídia, denunciando o descaso com nosso trabalho e a grande relevância de nossas atividades para o crescimento econômico e social deste país.

Ainda que sindicatos e os conselhos de classe não estejam alcançando os resultados que todos esperávamos, precisamos (pela participação e pelo voto) mudar este estado de coisas, priorizar nossos pleitos e dirigir de forma mais constante nossas opiniões aos respectivos e ditos órgãos de representação profissional, sem esquecer de cobrar dos parlamentares e dos contatos com os representantes do poder uma forma mais respeitosa de tratar os assuntos que afetam diretamente nosso dia-a-dia profissional.

Um processo de mudança costuma ser demorado, mas nós os contabilistas deste país estamos conscientes que nada cai do céu, tudo precisa ser trabalhado e melhorado, o que não podemos é ficar parados à espera de uma “terceirização de solução”. A solução vem da união, da participação e da pressão sobre aqueles que estão nos comandos das normas deste país!

Artigos relacionados:

CARF Endossa Atuação de Leigos em Contabilidade

Contabilistas Trabalham de Graça para o Governo

Contabilista: Expresse sua Opinião!

Simples: tão Simples Assim?

Exigências Fiscais Sobrecarregam Contabilistas

Notícias e Enfoques

Balanços – Taxas de Câmbio – Janeiro/2013

Por meio do Ato Declaratório Executivo Cosit 4/2013 foram divulgadas as taxas de câmbio para fins de elaboração de balanço relativo ao mês de janeiro de 2013.

Contabilidade na Prática - Tópicos Contábeis Atualizados e Exemplificados! Abrange os principais tópicos de contabilidade empresarial, societária e comercial, com exemplos de lançamentos e modelos de planos de contas! Clique aqui para mais informações. Manual de Contabilidade Empresarial 

Mais informações

ComprarClique para baixar uma amostra!

Notícias e Enfoques

2013: Ano da Contabilidade no Brasil

O ano de 2013 será, sem dúvida, um dos mais importantes para a Contabilidade brasileira. Lideranças e órgãos ligados à profissão estão se unindo para que toda a sociedade saiba e reconheça o verdadeiro papel do profissional da contabilidade. Conheça, a seguir, um pouco do projeto.

Apresentação

O projeto intitulado “2013: ano da Contabilidade no Brasil”, será desenvolvido por meio de um conjunto de ações sistematizadas e organizadas, com temas relevantes e de importância durante todo o ano de 2013, nos mais diversos meios e formas de divulgação, provocando um verdadeiro “choque de mídia”.

Justificativa

  • A Contabilidade Brasileira ocupa atualmente destaque no cenário econômico, político e social, sendo uma das cinco profissões mais demandadas no mercado de trabalho.
  • Além disso se posiciona como a linguagem universal dos negócios, e é também uma das maiores difusoras da responsabilidade socioambiental do mundo.
  • Assim, a sociedade brasileira precisa compreender o importante papel da Contabilidade no desenvolvimento do país.

Objetivos

  • Informar a sociedade quais são os serviços prestados pelos profissionais da contabilidade;
  • Conscientizar a população da importância do profissional da Contabilidade para o desenvolvimento socioeconômico do país;
  • Fortalecer a imagem do profissional da Contabilidade perante a  sociedade; como parceiro dos empresários, no que se refere à gestão do negócio; e do Estado, à execução da gestão pública;
  • Incentivar a demanda por profissionais contábeis nas instituições públicas, privadas e do terceiro setor;
  • Fortalecer o interesse pelos cursos de Ciências Contábeis em IES;
  • Fortalecer a demanda de Auditores em organizações públicas e privadas com o objetivo de aprimorar a gestão;
  • Posicionar o profissional da contabilidade como formador de opinião.

2013: Ano da Contabilidade no Brasil, você fará parte desta história! 

Fonte: Site CFC 30.01.2013

Notícias e Enfoques

2013: Ano da Contabilidade no Brasil

Por Fabríco Santos – site CFC 12.12.2012

O ano de 2013 será, sem dúvida, um dos mais importantes para a Contabilidade brasileira. Lideranças e órgãos ligados à profissão estão se unindo para que toda a sociedade saiba e reconheça o verdadeiro papel do profissional da contabilidade. Conheça, a seguir, um pouco do projeto.

Apresentação

Muito embora a profissão contábil venha conquistando espaço nos cenários nacional e internacional, o contexto das organizações públicas e privadas ainda necessita de maior reconhecimento.

A sociedade, de maneira geral, ainda tem uma imagem distorcida e distante do atual momento que vivenciamos na profissão. O CFC, entendendo a necessidade de projetar uma imagem  mais real e positiva da profissão e do profissional, convidou parceiros estratégicos para, em conjunto, construírem um amplo projeto de divulgação e conscientização, por parte da sociedade, sobre  a importância da contabilidade e do profissional contábil.

O projeto intitulado “2013 – ano da Contabilidade no Brasil” será desenvolvido por meio de um conjunto de ações sistematizadas e organizadas, com temas relevantes e de importância durante todo o ano de 2013, nos mais diversos meios e formas de divulgação, provocando um verdadeiro “choque de mídia”.

Justificativa

É fato incontestável que muitas pessoas e segmentos da sociedade vêem a profissão num patamar inferior às de maior destaque, fazendo parte de uma espécie de 2º escalão.  O profissional ainda é visto como um técnico sem grande expressão, sem muita ética e com atuação de forma a atender às necessidades do cliente, ou seja, aquele que dá um “jeito nas coisas”. Essa imagem é irreal, disforme e deturpada. O que existe, por parte dos organismos ligados direta e indiretamente à Contabilidade, são ações estruturadas de informação à sociedade.

Objetivos da Campanha

– Informar a sociedade quais são os serviços prestados pelos profissionais da contabilidade;
– Conscientizar a população da importância do profissional da Contabilidade para o desenvolvimento socioeconômico do país;
– Fortalecer a imagem do profissional da Contabilidade perante a  sociedade; como parceiro dos empresários, no que se refere à gestão do negócio, e do Estado na execução da prestação de contas fiscais;
– Incentivar a demanda por profissionais contábeis nas instituições públicas, privadas e da sociedade civil;
– Estimular a procura por cursos de Ciências Contábeis em IES;
– Fortalecer a demanda de Auditores em organizações públicas e privadas.

2013: Ano da Contabilidade no Brasil, você fará parte desta história!