Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 26.11.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Vale Pedágio

Apuração do Custo das Vendas

Juros Remuneratórios do Capital Próprio – TJLP

ARTIGOS E TEMAS

Empresário Contábil: Desafios a Superar

Passos para a Organização de uma ONG

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

IRPJ – Atividade Imobiliária – Venda a Prazo ou em Prestações

Lucro Real – Intangível – Exclusão Gastos com Inovação Tecnológica

Sede – Domicílio – Estabelecimento – Matriz – Conceitos para Fins Tributários

REDES SOCIAIS

Também estamos presentes no Facebook. Curta a Fan Page do Portal de Contabilidade!

Você também pode acompanhar as principais notícias da área contábil seguindo o Twiter Guia Contábil.

Atualize-se pelo Blog Guia Contábil lendo as últimas notícias e os enfoques relevantes que afetam a contabilidade.

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

IPI – Teoria e Prática

Auditoria – Teoria e Prática

Gestão de Finanças Empresariais

Contabilidade

Unificação do PIS e da COFINS – Impacto Tributário

Fonte: FENACON

A Fenacon e o Sescon São Paulo, lançaram o estudo “O impacto tributário para o setor de serviços com a possível unificação do cálculo dos tributos PIS e COFINS”. A pesquisa inédita analisou mais de mil empresas e mostra que aumento será, em média, de 104% do montante pago atualmente. O evento aconteceu na sede do Sescon São Paulo.

A proposta de unificação do cálculo do PIS e da COFINS, em análise pelo governo, pode aumentar em R$ 35,2 bilhões a carga tributária do setor de serviços, de acordo com a análise.

O estudo simulou o impacto da unificação do cálculo do PIS/COFINS nas contas de 1.257 empresas do setor de serviços, considerando uma alíquota única dos tributos de 9,25% auferidos pelo sistema não cumulativo de apuração de impostos. Trata-se de um modelo em vigor desde 2003, obrigatório para grandes empresas, e que poderá ser estendido para todos os setores da economia sem levar em conta as características de cada um. Somente nas atividades pesquisadas neste estudo, o aumento médio no recolhimento é de R$ 7,3 bilhões ao ano.

Os dados mostram que, caso este sistema seja aplicado ao setor de serviços, poderá aumentar a tributação das empresas em até 136,35%, quando comparado aos valores pagos atualmente. Na média, o aumento será de 104%. “O estudo deixa claro que as regras da não cumulatividade penalizam as empresas de serviços”, diz o presidente da Fenacon, Valdir Pietrobon.

O sistema de apuração do PIS e da COFINS pela forma não cumulativa define uma lista de custos e despesas que pode gerar créditos tributários a serem deduzidos da carga dos tributos devida pelas empresas. Estes custos estão na base de investimentos e de insumos da indústria e do comércio, o que permite a obtenção de créditos suficientes para reduzir de forma efetiva a carga tributária.

No caso das prestadoras de serviço, isso não ocorre. “A maior parte dos custos do setor de serviços está concentrada na mão de obra, por meio de empregos diretos, o que não gera créditos tributários de acordo com as regras do regime não cumulativo”, explica Gilberto Luiz do Amaral, presidente do Conselho Superior do IBPT.

Por ser mais vantajoso, a maioria das prestadoras de serviços opta pelo regime mais antigo, o cumulativo, que não considera dedução de créditos tributários, mas tem alíquotas de PIS e COFINS menores (de 3,65%, quando somadas). Se forem obrigadas a migrar para o regime não cumulativo, as empresas de serviços estarão expostas a um crescimento exagerado de tributos. Na prática, o custo efetivo dos tributos para o setor de serviços será maior do que os da indústria e do comércio. “Com os créditos, os setores de indústria e comércio chegam a pagar, em média, alíquotas até menores do que pagariam se estivessem no regime antigo”, aponta o especialista.

Inflação

O estudo encomendado pela Fenacon também estima o impacto na inflação causado pela unificação do cálculo do PIS e da COFINS. O aumento da carga tributária ao setor de serviços fará com que as empresas repassem o custo maior para os preços dos seus produtos, o que pressionará ainda mais a inflação.

De acordo com o levantamento, a expectativa é de que os preços dos serviços vendidos pelas empresas, nas seis categorias de serviços analisadas, aumentem em média 4,3%. A alta pode produzir um impacto de 0,6 ponto percentual sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). “Na prática, é o consumidor que paga todo e qualquer tributo embutido no preço”, lembra Valdir Pietrobon.

Repasse da carga tributária ao consumidor

A unificação da base de cálculo afetará a apuração de impostos de quase 2,6 milhões de empresas do país, o que representa 36% das prestadoras de serviços em atividade. “Hoje, grande parte das empresas de serviços não pode optar pelo Simples, por vedação legal e serão afetadas pela mudança do regime”, afirma Amaral. O setor conta com mais de 7,2 milhões de empresas abertas no país (40,66% de todos os CNPJ’s ativos) e movimenta R$ 1,4 trilhão por ano. O número de empregos soma 19,4 milhões, maior do que o agronegócio, a indústria e o comércio juntos.

Método da Pesquisa

Para chegar ao impacto da unificação do cálculo do PIS e da COFINS no setor de serviços, o IBPT analisou uma amostra de 1.257 balanços de empresas enquadradas na condição de prestadoras de serviços de acordo com o CNAE – Código Nacional de Atividades Econômicas. Para fins didáticos, elas foram divididas em seis categorias:

a) serviços de profissionais liberais
b) serviços essenciais para empresas
c) serviços de bem estar das pessoas
d) serviços financeiros
e) serviços de comunicação social
f) serviços de telecomunicações.

O estudo não contempla as empresas optantes do Simples Nacional e nem os Micros e Pequenos Empreendedores Individuais (MEIs), que não serão afetados.

Acesse aqui o estudo completo publicado pelo Fenacon.

Para manter-se atualizado sobre os assuntos de ordem tributária, acesse o Portal Tributário e conheça nosso Guia On-Line.

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 19.11.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Marcas e Patentes

Responsáveis pela Escrituração

Dissolução, Liquidação e Extinção de Sociedade

ARTIGOS E TEMAS

O Ralo da Inadimplência dos Clientes de Contabilidade

Participações Societárias – Reconhecimento Inicial – MP 627

DESTAQUES E NOTÍCIAS

MP 627 Acaba com Exigência de 2 Contabilidades

Contabilidade 2014: Desafios

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

Normas de Escrituração – LALUR

Dedutibilidade dos Bens de Pequeno Valor Dedutíveis – Valor Corrigido para R$ 1.200,00

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Manual Prático de Auditoria Contábil

Manual de Obrigações Tributárias Acessórias

Apuração de Custos e Formação do Preço de Venda

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 12.11.2013

NORMAS CONTÁBEIS

Resolução CMN/BACEN 3.248/2013 – Dispõe sobre a elaboração, a divulgação e a remessa de Demonstrações Contábeis consolidadas do Conglomerado Prudencial ao Banco Central do Brasil.

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Cestas de Natal e Festas de Confraternização

Entidades Desportivas – A Obrigatoriedade de Publicação

Aquisição de Bens para o Ativo Imobilizado sem Financiamento Bancário

ARTIGOS E TEMAS

Orçamento de Honorários Contábeis para um Possível Cliente

Contabilidade: O Desafio da Qualidade nas Pequenas e Médias Empresas

Sutilezas nos Jargões dos Clientes Visando a Desvalorização dos Serviços Contábeis

NOTÍCIAS E DESTAQUES

Associações de Moradores são Isentas de Taxas de Registro

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

DIRF 2014

Travas Tributárias para o Crescimento Econômico

Créditos do PIS e COFINS – Serviços e Peças de Manutenção – Transporte – Possibilidade

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Fechamento de Balanço

Auditoria e Controles na Terceirização

Planejamento Tributário – Presumido/Real/Simples

Contabilidade

Notícias Contábeis 05.11.2013

AUDITORIA

NBC-TR/CFC 2.400/2013 – Dispõe sobre trabalhos de revisão de demonstrações contábeis.

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Adiantamentos de Clientes

Demonstração do Resultado do Exercício – DRE

Aquisição de Bens para o Ativo Imobilizado através de Financiamento

DESTAQUES E NOTÍCIAS

DFC e DVA – Obrigatoriedade de Publicação

Preparação para o Balanço Patrimonial

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

Lucro Real/2014 – Obrigatoriedade

FAP/2014 – Contestação de Índice Deve ser Feita até 03/Dezembro

Simples Nacional – STF Mantém Exigência de Regularidade Fiscal

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Contabilidade Gerencial

Processo Administrativo Fiscal – RFB

Contabilidade IRFS para Pequenas e Médias Empresas

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 29.10.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

INSS Retido sobre Serviços

Perdas no Recebimento de Créditos

Programa de Alimentação do Trabalhador – PAT

ARTIGOS E TEMAS

Valor Percebido pelo Cliente é Nova Tendência de Precificação

Preces de um Contabilista

NOTÍCIAS E DESTAQUES

Licença Maternidade – Adoção – Alteração

Simples Nacional: Alerta pela Receita – Como Proceder?

DIRF – Saem Normas para Apresentação

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

Alerta Simples Nacional – Como Proceder?

Economia Tributária – Redução a Zero do IOF – Exportadores

PIS e COFINS – Operadoras de Planos de Saúde – Exclusão de Despesas na Base de Cálculo

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Contabilidade Pública

Manual de Perícia Contábil

Manual do IRPJ no Lucro Presumido

Contabilidade

Notícias Contábeis 22.10.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Estoques

Assinaturas de Periódicos

Diferencial de ICMS na Aquisição de Bens

ARTIGOS E TEMAS

Empreendedorismo e Contabilidade

A Obrigatoriedade das Notas Explicativas

Indicadores para Empresas de Contabilidade

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

Cooperativas – o Modelo Tributário é Vantajoso?

Normatizada a Reabertura do Parcelamento de Débitos Tributários “REFIS”

Destaque de Tributos na Nota Fiscal – Sanções Vigorarão a Partir de 10.06.2014

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Contabilidade de Custos

Planejamento Tributário – IPI

Manual Prático de Contabilidade

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 15.10.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Consórcio Simples

Devolução de Compras

ICMS – Venda Ambulante

SPED

SPED Fiscal ICMS/IPI será obrigatório em 2014

ARTIGOS E TEMAS

Ativo: Um Conceito Mais Amplo

A Elaboração do Orçamento Público

Faça História da Precificação dos Preços dos Serviços Contábeis!

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

PIS e COFINS Importação – Novo Cálculo

REFIS: Reaberto Prazo para Adesão até 31.12.2013

Imposto de Renda – Ganho de Capital – Meação e Herança

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Manual de Auditoria Interna

Manual para Elaboração da DFC e DVA

Imposto de Renda Pessoa Jurídica – Lucro Real

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 08.10.2013

COOPERATIVAS

Circular BACEN 3.669/2013 – Estabelece procedimentos para elaboração e remessa do Balancete Combinado do Sistema Cooperativo e elaboração e divulgação do Balanço Combinado do Sistema Cooperativo.

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Debêntures

Bônus de Adimplência Fiscal – CSLL

Terceiro Setor – Regime de Reconhecimento de Receitas e Despesas

DEBATES

Instrução Normativa RFB 1.397: Retrocesso ou Punição?

Novela dos Balanços: Receita Vai Mesmo Tributar o Excesso de Lucros

Concorrência Desleal nos Honorários Contábeis. Adianta Reclamar?

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

DACON – Cancelamento de Multas

Pagar Tributos é uma Obrigação, Economizar é uma Necessidade

EVENTO PROFISSIONAL

Participe do Almoço do Grupo de Profissionais e Empresários em Curitiba – PR – 11/Outubro.

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Controladoria

Auditoria de Balanço

Como Fixar Honorários Contábeis

Notícias de Contabilidade

Notícias Contábeis 01.10.2013

GUIA CONTÁBIL ON LINE

Patrimônio Líquido

Adiantamentos a Fornecedores

Históricos Padronizados na Escrita Contábil

ARTIGOS

Dupla Contabilidade: e os Honorários?

Grandes Problemas ou Grandes Oportunidades?

NOTÍCIAS E DESTAQUES

Câmara Pode Derrubar Orientação da Receita Federal

Receita Sofre Mais Críticas por Exigir Duas Contabilidades

ENFOQUES TRIBUTÁRIOS

FAP – Publicados os Índices para 2014

Manual de Orientações do Contribuinte – MOC – CT-e

Simples Nacional – Atenção para os Tributos não Abrangidos pelo Regime

TEMAS RELEVANTES DO MÊS ANTERIOR

O Real Objetivo da Contabilidade

Exigibilidade das Demonstrações Contábeis na Licitação

Linha de Produção para as Empresas de Contabilidade Funciona?

PUBLICAÇÕES ATUALIZÁVEIS

Auditoria Gerencial

Manual de Retenção do ISS

Cálculo do Lucro Real Trimestral